javascript:;

Uma Pessoa Especial

UMA PESSOA ESPECIAL

 Eu tinha quatro anos quando meu avô morreu, eu era muito pequeno para entender o que significava isso.
Tudo começou quando eu ainda tinha três anos. Descobriram que meu avô tinha câncer, e ia morrer em poucos meses. No mesmo mês que eu fiz quatro anos, meu avô morreu. Eu ainda estava dormindo quando minha mãe soube que meu avô tinha morrido. Eu acordei ouvindo choros. Levantei-me e vi minha mãe chorando sem parar do lado do meu pai, que a consolava. Minha irmã mais velha, a Patrícia, também chorava desesperada. Eu não entendia por que.  De noite, no dia que meu avô morreu, todos os membros da minha família compareceram à casa da minha avó. Eu fiquei feliz, aliás, tinha gente que eu não via há muito tempo. Eu não entendia. Por que estavam todos tristes? Eu estava confuso, mas respeitei o silencio daquela noite.
Uns meses depois, fui pra casa da minha avó. Enquanto minha avó e eu cuidávamos do jardim, eu perguntei:
- Vó, cadê o vovô?
- Ele está no céu agora, lá em cima. – Minha avó disse.
Eu perguntava pra mim mesmo: Será que o vovô mora lá no castelo do gigante da história João e o pé de feijão?
No dia seguinte, minha mãe estava lavando a louça quando eu perguntei:
- Mãe, o vovô agora mora no castelo da história de João e o pé de feijão?
- Bem Pedro, ele mora num castelo. Mas não da historinha. Ele mora no castelo de Deus. – minha mãe disse, caindo dois pingos de lagrima dos olhos dela.
Eu fiquei pensando como seria esse castelo. Tive uma ideia. Peguei um lápis e um papel e desenhei o castelo de Deus.
No meio do castelo eu desenhei um coração. Nele tinha escrito a seguinte palavra: “vovô”.
Assim que terminei o desenho, começou uma ventania muito forte lá fora. Peguei o desenho e o joguei pela janela do meu quarto que ficava no primeiro andar.
Então eu disse para mim mesmo:
- Esse desenho, vai cair nas mãos do meu avô, lá no castelo de Deus.
                                                 
                                                               
                                                                                                                    Emely Luize 

2 comentários:

  1. Esta história é simplesmente emocionante, adorei!!!

    ResponderExcluir
  2. meu amor que coisa linda! estou orgulhosa de você, tenho certeza que Deus irá te abençoar muito, beijs titia te ama! Therbya Regina

    ResponderExcluir

 
Palavras divertidas © 2012 | Todos os Direitos Reservados | Design by Bety Santana